COMO GANHAR UM DINHEIRO EXTRA COM DESIGNS ANTIGOS

Existem algumas vantagens na profissão de designer. Uma delas é a ideia de que raramente temos um trabalho realmente “perdido”.

Bem, se vivemos com a ideia de nos entregar sempre 100% de corpo e alma ao trabalho de criação, qualidade é um princípio não negociável.

Então, você aí colega de profissão, com certeza tem alguns projetos engavetados ou não aprovados. Tenho certeza. Então por que não tentar fazer uns trocados com eles?

Vale qualquer coisa que está encostado naquele sketchbook antigo, um rascunho não aprovado por um cliente, projetos autorais que não ganharam tração no mercado…enfim, tentativa e erro agora pode ter uma finalidade.

Através da internet ganhamos diversas possibilidades, de exposição de trabalhos de forma otimizada até a possibilidade de participar de diversas premiações pelo mundo.

Mas, realmente não foram apenas essas as novidades boas trazidas pelo advento da tecnologia. Já falei sobre isso aqui e aqui, mas se você ainda não leu darei uma resumida.

EXISTEM PLATAFORMAS PARA ISSO

Sim jovem padawan, existem comunidades exclusivas para você demonstrar seu trabalho, buscar uma oportunidade de freelancer fora do país e receber em dólar.

Pensa como isso é interessante. Enquanto todos choram a crise e dólar alto, você receber na moeda do Tio Sam seria o desejo de muitos.

Então use e abuse de cadastro em plataformas de exposição criativa, como dribbble e enhance. Construa uma presença forte e publique sempre ótimos projetos.

Comente em projetos de amigos e colegas, faça com que o algoritmo da plataforma expanda a sua exposição.

Além disso existem sites como o Fiverr e Workana, que aceitam cadastro de freelancers para diversas áreas. Esses marketplaces encurtam a distância entre pequenos empreendedores e profissionais liberais.

Agora se você não quer ter trabalho a mais na sua linha de produção, cadastre-se em plataformas como a Zazzle e Society 6.

Através dessas plataformas, é possível cadastrar suas artes e criar produtos. Esse produtos são feitos pelas próprias plataformas – totalmente sobre demanda – que não possuem estoque.

Você é remunerado através de porcentagens em cada produto.

UTILIZE TRABALHO PESSOAL

O ideal é que você utilize trabalho pessoal, autoral mesmo.

Eu por exemplo, utilizo meu cadastro na Zazzle para vender minhas artes autorais e de quebra divulgar minha empresa, a Elemento.

Esses foram alguns produtos que juntei:

 

 

 

CONCLUSÃO

A verdade é que atualmente temos muitas oportunidades, seja trabalhando com clientes, seja com trabalhos autorais.

A renda passiva tem se tornado uma realidade para muitos profissionais, e acredito que nós designers podemos tirar bastante proveito disso.

Fonte: Design Culture

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s